Novo Barão grava Cazuza

O Barão Vermelho lançou ontem, dia 31 de agosto, seu primeiro single na nova formação. A música escolhida para abrir as porteiras foi do ex-vocalista do grupo, Cazuza, a “Brasil”, gravada por Cazuza em seu terceiro disco solo, o Ideologia, de 1988. “Brasil” é de Cazuza, George Israel e Nilo Romero.

Maurício Barros, tecladista do Barão, falou sobre a escolha da gravação para o Globo. “Decidimos gravar essa música em função do momento que o país atravessa. A cada dia somos surpreendidos com escândalos de um governo e de um congresso que não representam os interesses do povo brasileiro. A letra do Cazuza continua atual. Continuamos querendo saber o nome do sócio do Brasil. Por tudo isso, achamos que estava na hora de essa música voltar a ser cantada”.

A versão do Barão traz uma pegada rock e deixa de lado o toque samba que Cazuza usou, e que Gal Costa intensificou na sua regravação. E ao que tudo indica, um disco de inéditas do Barão deve ser lançado no ano que vem.

Fazem parte do Barão: Guto Goffi (bateria), Fernando Magalhães (guitarra), Maurício Barros (teclados), Rodrigo Santos (baixo) e Rodrigo Suricato (voz e guitarra). Confira abaixo, no Spotify, a versão de “Brasil”, na voz do Barão Vermelho.

Fabricio Mazocco
Fabricio Mazocco é jornalista, doutor em Ciência Política, professor universitário, fã de rock e criador do blog Rock 80 Brasil.
https://www.facebook.com/fabricio.mazocco

Deixe uma resposta

Top