Festivais – Lulu Santos no Rock in Rio

Lulu Santos é aquele cara que tinha que dar certo. Filho de militar fugiu de casa para seguir sua própria vida e realizar seus sonhos. Aos 12 anos criou uma banda tendo como referência os Beatles e aos 31 estava pisando no maior palco de rock do mundo: o Rock in Rio.
Passou por algumas bandas até que ajudou a criar o Vímana no final da década de 70. Depois de ser expulso da banda seguiu carreira solo. Ótima ideia. Em 1982 lançou o álbum “Tempos Modernos”, em 1983 o “Ritmo do Momento”, mas em 1984 lançou o que viria ser considerado um dos melhores (ou o melhor) trabalho: “Tudo Azul”. Lá estão faixas que até hoje escutamos nas rádios e em outros lugares como a faixa-título, “Certas Coisas”, “Tão Bem” e “O Último Romântico”.
E foi com esse repertório que Lulu Santos aterrissou no palco do Rock in Rio no ano de 1985. Ele se apresentou no dia 13 de janeiro, um domingo. Foi uma noite recheada de BRock. Além de Lulu, também subiram no palco Os Paralamas do Sucesso e a Blitz. Os internacionais da noite foram Nina Hagen (a Garota de Berlim), Go Go’s e Rod Stewart. Lulu voltou no palco no dia 18 de janeiro, no último dia do festival. No mesmo dia se apresentaram Kid Abelha e Eduardo Dusek (que haviam passado por maus lençóis na apresentação anterior dos Heavy Metal), Go Go’s e B’52’s. Lulu fez dois grandes shows, memoráveis mesmo. O Brock mostrou ali que nosso rock estava vivo, muito vivo!

Fabricio Mazocco

Fabricio Mazocco é jornalista, doutor em Ciência Política, professor universitário, fã de rock e criador do blog Rock 80 Brasil.

https://www.facebook.com/fabricio.mazocco

Deixe uma resposta

Top