O rock e o protesto

“Quem quer manter a ordem, quem quer criar desordem?” Em tempos de protestos, o Brasil acorda com a sensação de que muitos estão nas ruas para dizer um “basta”. Um “basta” para muitas coisas. Este é um direito da sociedade, este é um papel da democracia. Mas vale lembrar que protestar não tem nada  aver com “baderna”. E é isso que torcemos: manifestações por direitos, sem quebra-quebra. Mas o que tem a ver isso com o este blog de Rock 80 Brasil?
O rock esteve presente em um momento em que o país saia de um regime de ditadura para a democracia. Foram nossos roqueiros anos 80 que cantaram as “palavras-de-ordem” daquele momento e que até hoje são lembradas. 
Nas Diretas Já (1984) a música “Inútil”, do Ultraje a Rigor, foi considerada o hino do movimento. Pouco depois vinham os Titãs falando de “Desordem”, de “Polícia” e deu “Nome aos Bois”. A Legião perguntava “Que País é Este?”. Os Engenheiros diziam que “Toda forma de poder é uma forma de morrer por nada”. Os Paralamas cantavam “Selvagem” e assim por diante. Os nosso Rock 80 Brasil à serviço da nação!!!
 
 

Rock 80 Brasil

Notícias e curiosidades sobre o rock nacional anos 80.

http://www.rock80brasil.com.br

Deixe uma resposta

Top