A história do Marginal Conservador

Dizem que Júlio Barroso foi para o rock brasileiro o que Elvis foi para o rock americano. Talvez pudesse ser comparado a Kurt Cobain, afinal ambos foram embora muito cedo. Excluindo qualquer comparação, a verdade é que Júlio Barroso preparou o terreno para o boom do Rock 80 Brasil. E agora sua vida e arte podem ser conferidas no documentário exibido pelo canal Bis “Marginal Conservador”, dirigido por Ricardo Alexandre, o mesmo autor do livro “Dias de Luta”.
Júlio foi DJ, compositor, poeta. Criou a Gang 90 & As Absurdettes. Tocaram e arrasaram no Festival da Globo de 1981 com a música “Perdidos na Selva”. Nas palavras dos amigos, Júlio era “maluco” por natureza. No documentário amigos, músicos e especialistas falam sobre Júlio, que teve sua carreira interrompida em 1984 quando morreu caindo da janela de um prédio. Mais uma preciosidade para entender o rock nacional dos anos 80.
Rock 80 Brasil

Notícias e curiosidades sobre o rock nacional anos 80.

http://www.rock80brasil.com.br

2 comentários em “A história do Marginal Conservador

Deixe uma resposta

Top