Entrevista – Carlos Maltz

Ele é astrólogo, trocou o Sul pela região central do Brasil e foi um dos fundadores dos Engenheiros do Hawaii. Carlos Maltz estará lançando em breve seu segundo livro “Abilolado Mundo Novo II – #pensarÉgrátis… (ainda)”. Nesta entrevista concedida a Ellen Rodrigues, do blog Parabólicas Hawaianas, Maltz fala sobre o novo livro, suas expectativas e destaca o diálogo.

Como você chegou à conclusão de que o livro “Abilolado Mundo Novo” deveria ter uma “continuação”, com uma segunda edição?
Maltz: Por que ele é diálogo, e diálogo não tem fim… Eu espero que nunca tenha fim. É o “infinito papo-pop”.
Qual é a importância das participações dos internautas tanto no livro “AMN I”, quanto, em breve, no livro “AMN II” ?
Maltz: É fundamental porque estes livros estão fundamentados no diálogo. “Diá-logos” significa conhecimento que é construído no encontro entre dois “eus”, o nós.

Quais são as suas expectativas com a vinda de “Abilolado Mundo Novo II”?
Maltz: Este livro agora é bem mais simples e acessível que o primeiro. Quando eu o escrevi, achei que ele era bem simples e acessível, mas muita gente ficou sem entender nada. Então o “AMNII – #pensarÉgrátis…(ainda)” propõe a ser um livro bem mais simples e acessível que o primeiro. Espero que eu consiga.

Enquanto aos elogios e as críticas dos leitores a respeito dos seus livros, o que essas “opiniões” significam para você?
Maltz: Par mim é bem importante porque escrevo livros pra pessoas e não pra mim mesmo. É claro que eu vou continuar escrevendo exatamente a mesma coisa, quer as pessoas gostem ou não, porque escrevo pra expressar minhas ideias e não pra ser apenas entretenimento. Mas eu prefiro que as pessoas gostem e se interessem pelo que eu estou escrevendo. É duro ficar falando sozinho no deserto.


O que os leitores poderão esperar do livro “Abilolado Mundo Novo II” ?
Maltz: Penso que estamos vivendo um momento crucial para a humanidade neste planeta: a hora de nos transformarmos realmente em “uma-unidade”. Eu jogo nesse time e meus livros se propõem a contribuir com essa causa. “AMNII – #pensarÉgrátis…(ainda)” propõe a ser um pequeno lapso de tempo, nesse tempo-máquina em que vivemos. Um momento de reflexão para quem não quer ser levado pelo arrastão, da falta de sentido e significado deste mundão.

P.S.1: Agradecimento especial a Ellen que autorizou a publicação da entrevista.
P.S. 2: Hoje às 22h tem Twitcam com Humberto Gessinger. Na íntegra o disco “Ouça o que eu digo, não ouça ninguém”.
Fabricio Mazocco

Fabricio Mazocco é jornalista, doutor em Ciência Política, professor universitário, fã de rock e criador do blog Rock 80 Brasil.

https://www.facebook.com/fabricio.mazocco

Deixe uma resposta

Top