Encontros: Titãs e o Rei

Recentemente um crítico musical afirmou que o Rock 80 teve uma significância maior que a Jovem Guarda. Discussões à parte, o fato é que ambos os movimentos tiveram sua importância no cenário musical brasileiro e isso não deve ser desprezado.
Logo no início da carreira, lá em 1982, os Titãs tinham outro nome: Titãs do Iê-Iê, em uma clara referência à Jovem Guarda. A estreia oficial do grupo (como Titãs do Iê-Iê) foi em 15 de outubro de 1982, no Sesc Pompéia. Depois disso o grupo gravou discos, tirou o Iê-Iê (não necessariamente nesta ordem) e se tornou uma das principais bandas do país.
Com todo rock e palavras de ordem em suas composições, foi em 1997, no “Acústico MTV”, que o grupo regravou a música “Pra dizer Adeus”, de Tony Belotto e Paulo Miklos, de 1985. O rei da Jovem Guarda, Roberto Carlos, gostou e no mesmo ano convidou o grupo para participar do seu especial de final de ano para cantar esta música. No ano seguinte, em 1998, os Titãs lançaram o “Volume 2” e regravaram “É preciso saber viver”, de Roberto Carlos e Erasmo Carlos.

Fabricio Mazocco

Fabricio Mazocco é jornalista, doutor em Ciência Política, professor universitário, fã de rock e criador do blog Rock 80 Brasil.

https://www.facebook.com/fabricio.mazocco

Deixe uma resposta

Top